Você é viúva de Sons Of Anarchy? Talvez Mayans MC possa te consolar

Spin-off tenta emular espírito de Sons Of Anarchy, mas sem mostrar a que veio.

Luide
Luide
9 de setembro de 2018

Sons Of Anarchy é um bom exemplo de séries que se vão e deixam pra trás milhares de viúvas. Eu sou uma delas. O que Kurt Sutter fez entrou pra história da televisão como uma das mais bem sucedidas histórias, e mesmo com alguns deslizes em sua reta final, o todo vale muito a pena. Uma espécie de Hamlet em duas rodas, Sons Of Anarchy atraia pela sua violência e conquistava pelo coração. A amizade, o companheirismo e a noção de família estiveram presentes do primeiro ao último episódio e foi exatamente por isso que você se apegou a ela, não porque tinha barbudo tomando whisky e fazendo sexo.

É uma fórmula boa, fácil de chamar a atenção e que pode render boas histórias, assim como todo filme ou série que envolva máfia e crime organizado. Kurt Sutter que não é bobo nem nada, percebeu que a televisão também passa pela mesma afetação do cinema de esticar histórias e investir em sequências que ninguém pediu, voltou pra prancheta e deu vida a Mayans MC. Em um primeiro momento a presença de Sutter se resumiria a produção executiva, mas o fracasso de The Bastard Executioner (cancelada já na primeira temporada) fez com que ele voltasse atrás e assumisse a série ao lado Elgin James.

Com isso, quem esperava que Mayans MC não tentasse emular o espírito de Sons Of Anarchy e partisse pra uma pegada mais original vai se chatear. Mas é um tanto óbvio que o fã da série mãe certamente quer easter eggs e referências até o talo e quanto mais ambas se parecerem, melhor. Pra mim isso é um erro juvenil, afinal de contas, Sons Of Anarchy é insubstituível, mas levando em conta o piloto, bom… é por esse caminho que a série irá caminhar.

Mayans MC é exatamente a série feita na medida para viúvas de Sons Of Anarchy e que não se importam de assistir praticamente a mesma história sendo contada novamente. Só que convenhamos, não é fácil refazer o que já foi feito.

O problema em emular SoA está nos personagens. Ainda é cedo para dizer quais ali funcionam e quais não, mas é normal terminar o primeiro episódio de Mayans MC não se importando com absolutamente nada. A trama é até interessante, já que por se tratar de um moto clube com raízes mexicanas, o crime organizado aqui tem fortes ligações com os cartéis de drogas. É uma folha em branco para bons roteiristas deitar e rolar. Mas mesmo com tudo isso, Mayans MC faz uma estreia morna e sem mostrar a que veio. A aparição de alguns personagens de Sons Of Anarchy são tão gratuitas que beiram o cômico, mas não é isso que compromete a série.

Não é que Mayans MC seja problemática, ruim e feita nas coxas. É apenas uma produção sem alma que tenta aproveitar o atual momento da televisão. Kurt Sutter não está muito afim de fazer algo diferente do que já fez, o que certamente é um ótimo gatilho para despertar a curiosidade dos fãs. A esperança está no talento de Sutter como contador de boas histórias, sua capacidade em chocar e criar fortes laços entre o espectador e os personagens. É uma série que eu desistiria já no primeiro episódio se não estivesse nas mãos de um cara que tanto respeito.

O jeito é reduzir pra terceira e ter paciência.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 07/11/2018

  • Luide

Desligue a Netflix e coloque o fone de ouvido: a melhor série da atualidade é um podcast

  • 06/11/2018

  • Luide

Talvez você ainda queira sentir algo

  • 24/10/2018

  • Luide

Marvel e Netflix: as pessoas estão de saco cheio