Todo barulho ainda é pouco para Um Lugar Silencioso

Um raro exemplo de como bons filmes ainda mobilizam uma boa audiência.

Luide
Luide
23 de abril de 2018

A Marvel se prepara para mais um grande blockubster, aquele que talvez seja sua maior bilheteria. Na última década vimos o estúdio construir tijolo por tijolo desse imenso castelo bilionário, um acerto único que despertou nos estúdios uma corrida desesperada para conseguir sua própria franquia, com universo compartilhado e histórias sem fim. Sendo assim, são raros os exemplos de sucesso que surgem nesse mar de filmes descartáveis de franquias que ficam pelo caminho.

Quando pequenas produções como Fragmentado e Corra! conseguem quebrar a barreira dos US$ 100 milhões, um suspiro de alívio bate em Hollywood. Ainda é possível fazer bons filmes que tenham boas bilheterias. Em 2018 o primeiro caso de sucesso é Um Lugar Silencioso.

O terror familiar de John Krasinski é um desses raros fenômenos. Custando apenas US$ 17 milhões, o filme arrecadou US$ 207 milhões e fez algo bastante difícil: retornar ao primeiro lugar nas bilheterias americanas em seu terceiro fim de semana em cartaz, fazendo US$ 20 milhões e tirando Rampage do topo. Um grande barulho para um filme onde o silêncio é o grande protagonista.

Um Lugar Silencioso faz por merecer cada centavo de bilheteria e cada linha de elogio. Angustiante do início ao fim, é o tipo de obra original que está cada vez mais distante do grande público. Heróis, remakes, reboots ou adaptações de livros. Pouca coisa nova realmente desperta tanta interesse assim. Ainda há espaço para novas histórias, basta fazer.

E ser bom, claro.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 13/12/2018

  • Luide

Ele é um cara maneiro

  • 23/11/2018

  • Luide

O ciclo sem fim

  • 14/11/2018

  • Luide

Por que precisamos de um filme de Breaking Bad?