Pantera Negra não precisou estrear para começar a fazer história

O lado saudável do cinema.

Luide
Luide
4 de fevereiro de 2018

Em 1998 estreava nos cinemas Blade, o filme do caçador de vampiros considerado uma peça importante na construção desse cinema de super heróis. 20 anos depois, outro herói negro está prestes a mudar para sempre a cultura pop. Na verdade, já está mudando. Pantera Negra ainda não estreou, mas sua importância no atual cenário do entretenimento já começa a ser sentido.

Há alguns dias, a atriz Octavia Spencer avisou em seu perfil no instagram que estará no estado do Mississipi quando o filme estrear, e irá fechar uma sessão de cinema para crianças de alguma comunidade carente. Segundo ela, a intenção é a mais lógica: “ter certeza de que nossas crianças negras podem se ver como super-heróis”.

Uma palavra: representatividade. Foi exatamente a mesma coisa quando Mulher Maravilha estreou. Enquanto supostos nerds se estapeiam na internet em suas guerras egoístas, e vomitam preconceitos disfarçado de conhecimento, o cinema mostra seu poder. Os quadrinhos mostram seu poder.

Esse vídeo abaixo é de encher os olhos. Crianças de uma escola em Atlanta recebendo a notícia que irão assistir a Pantera Negra, e depois, participar de uma programação cultural com danças africanas e lições de história.

That moment when the whole school finds out they’re going to see @Marvel’s new movie, @BlackPanther! #ronclarkacademy #blackpanther #teachersofinstagram #teachersfollowteachers ___ #Repost @mrronclark ・・・ The students just found out we are all going to see BLACK PANTHER! We will have a day of cultural classes, African dancers, historical lessons and then we will all go see the film! Turn up!!!!

Uma publicação compartilhada por Ron Clark Academy (@ronclarkacademy) em

É isso que move a cultura pop.

Seja doador e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 10/04/2018

  • Luide

Nada a Perder tem resenhas positivas excluídas do IMDb. Motivo? Fraude

  • 10/04/2018

  • Luide

Não respirei por 90 minutos no cinema

  • 09/04/2018

  • Luide

Um Lugar Silencioso é uma angustiante e desesperadora experiência que dura 90 minutos