O Rotten Tomatoes se transformou na maior obsessão dos fãs de super heróis

No universo dos heróis, o "crítico" se tornou o grande vilão

Luide
Luide
31 de maio de 2017

Apesar de hoje ser praticamente um crime encontrar defeitos na Trilogia Original de Star Wars, quando Uma Nova Esperança estreou em 1977, alguns críticos não gostaram tanto assim do que viram e escreveram sobre isso. Natural. Só que não é difícil encontrar por aí imagens debochando da opinião desses profissionais, como se existisse uma única forma de olhar para o filme. A afetação é tanta que um site resolveu comemorar os 40 anos da Saga convidando Bob Lundegaard, crítico que na época disse que era melhor deixar o cérebro em casa ao assistir Star Wars, para reavaliar a obra de George Lucas.

A relação público e crítica é bastante conflituosa, mas nos últimos anos, um agregador de críticaS se tornou o grande protagonista da era dos super heróis, colocando até mesmo membros da indústria pra debater sua importância. É ele mesmo, o Rotten Tomatoes.

“A pior coisa que nós temos hoje na cultura de filmes é o Rotten Tomatoes”

Brett Ratner, diretor de X-Men: O Confronto Final e produtor executivo de Batman V Superman não se segurou ao falar do site, que respondeu dizendo que “o Tomatômetro, que é a percentagem de resenhas positivas publicadas pelos críticos, se tornou uma ferramenta bastante útil para ajudar os fãs a tomarem suas decisões, mas nós acreditamos que esse é só o início para eles iniciarem discussões e debates, compartilhando suas próprias opiniões.”. A grande verdade é que para a maior parte do público, as críticas que acompanham a média geral pouco importa.

Para a maioria dos usuários e leitores, a crítica se tornou numérica, não analítica. Não importa se o texto possui 1000 palavras de argumentação, mas sim quantas estrelas o autor deu ao filme. É engraçado pensar que no universo de super heróis, o maior antagonista para o fã seria a figura do crítico. Enquanto a Marvel faz a lição de casa com seus filmes Coca-Cola, a DC entregou para Zack Snyder seu tal universo compartilhado, e ele foi lá e fez o que quis. O resultado é Batman V Superman, que não agradou muita gente, e logo em seguida veio Esquadrão Suicida. Por fim, ambos os filmes possuem avaliações baixíssimas.

Isso levou o “fã da DC” a se torturar dia noite, já que a “rival” está lá, imperando com notas altas. E assim que as primeiras resenhas e críticas de Mulher Maravilha começaram a sair, qual foi a primeira preocupação?

É tipo “chegou a minha vez de brincar no parquinho”.

Clique aqui e veja a importância que dão a isso. Ou aqui.

O mundo nerd é quem precisa de um reboot.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 17/07/2018

  • Luide

A cultura “anti-lacre” se tornou mais insuportável que a do próprio lacre

  • 16/07/2018

  • Luide

Casagrande é mesmo um Campeão do Mundo

  • 22/06/2018

  • Luide

Os lances memoráveis da Copa do Mundo 2018 reproduzidos em 8-Bit