O nerd de meia idade é o maior inimigo da She-Ra

Animação foi extremamente bem avaliada entre público feminino. Já entre homens de meia idade...

Luide
Luide
21 de novembro de 2018

Se você foi criança no meio dos anos 80 certamente os desenhos animados eram grande parte do que você consumia de cultura pop. Essa memória afetiva com alguns clássicos não é gratuita, afinal de contas, sua única companhia em várias manhãs eram esses heróis musculosos. Ou alguma heroína, como no caso da She-Ra. Pra ser muito sincero não lembro de absolutamente nada dessa animação. Vi quando era bem moleque e não existe nada nesse mundo que me faça perder tempo revendo esse tipo de coisa.

Então tente imaginar o meu espanto quando surgiu a notícia que a Netflix faria um remake da série e que isso causou uma polêmica entre homens adultos. O cidadão no alto dos seus 30 anos encontrou um tempo no seu dia para criticar os traços de um vindouro desenho infantil.

Na verdade estou sendo bastante cínico. Não foi espanto algum. Esse “nerd” está longe de ser uma caricatura que a gente fala, ele é padrão. O cara vive em uma prisão nostálgica, odeia novidades e cobra “fidelidade” em filmes de super heróis. Esse cara é parte de uma geração que sinceramente não da mais pra discutir e argumentar. Se ele realmente se incomoda com um desenho animado feito pra minha filha, nada, absolutamente nada do que eu ou qualquer outra pessoa no mundo escreva fará ele enxergar uma obviedade.

Mas enfim chegou o dia da estreia, muita gente assistiu e muita elogiou a leveza e a forma como o desenho foi atualizado para 2018, e não feito para agradar o público quarentão com Darth Vader de papel de parede do celular. Mas quando se vai até o IMDb, maior agregador de avaliação de usuários da internet parar filmes e séries, a baixíssima nota da animação faz com qualquer um pensar que poxa, a Netflix realmente “estragou a infância” de alguém com um péssimo remake.

Mas não é bem assim. Ao clicar nos dados dos mais de 1500 usuários que atribuíram nota, algo nada revelador surge: o padrão de quem gostou e quem odiou She-Ra.

Enquanto homens atribuíram uma média de 5,8 de nota pra She-ra, o público feminino atribuiu a média de 8,5. Enquanto a menor nota por faixa etária veio de homens MAIORES DE 30 ANOS (5,4), a maior veio justamente de mulheres menores de 18 anos (9,0).

Daria pra escrever uma tese de 10 mil páginas só com esses dados, mostrando que o nerd de meia idade é hoje o ser mais birrento e desconexo com a realidade. Mas adianta? Adianta explicar isso pra um cara de 45 anos? Não adianta. Para o público certo a animação foi certeira e é isso que importa.

Vitória pra She-Ra. Vence esse cara que se acha dono da cultura pop não é pra qualquer um.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 13/08/2018

  • Luide

A velha tática suja de Better Call Saul que a torna tão encantadora

  • 06/08/2018

  • Luide

AQUELA cena triste de Um Maluco No Pedaço é ainda mais emocionante do que você pensa

  • 06/08/2018

  • Luide

É muito bom ser pobre e assistir Billions