Star Wars: O Despertar da Força é o convite para o universo que mudou a cultura pop

J.J. Abrams recupera o espírito da trilogia clássica e apresenta para um novo público a história de uma galáxia muito distante

Luide
Luide
16 de dezembro de 2015
 

Quando a LucasFilm foi comprada pela Disney, ficou claro que o Mickey tinha planos grandiosos para a obra de George Lucas, tão grandes quanto a importância de Star Wars para a cultura popular. Criar uma nova trilogia poderia até ser fácil, mas como fazer isso e ainda assim atrair uma nova geração que, mesmo sabendo quem são Luke e Han Solo, nunca assistiram aos filmes anteriores?

Para essa missão J.J. Abrams foi escalado e o resultado é magnífico. O Despertar da Força é um filme com alma e coração, que saúda fãs antigos e conquista novos padawans. Um tiro certeiro do Mickey que antes mesmo da estréia já faturou mais de 100 milhões de dólares com a venda antecipada.

Rey e Finn são jogados nesse universo assim como aconteceu com uma geração inteira há 40 anos atrás

Se você é desses que dedicou seus últimos dias a criticar a “modinha” de Star Wars, provavelmente não entendeu nada do que é Star Wars. A obra de George Lucas não é pra nerds, pra geeks, pra velha ou nova geração. Ela é pra todos e O Despertar da Força é esse convite para aqueles que ainda não embarcaram nessa TIE Fighter do hype.

Ao dedicar todo um primeiro ato a seus novos personagens, O Despertar da Força não só nos apresenta Rey, Finn, Poe Damoren e Kylo, mas também apresenta toda magia que envolve o nome Star Wars. É a consagração do mito. O diálogo mostrado no trailer entre Rey e Han Solo diz tudo sobre essa nova jornada. As histórias sobre o que aconteceu… os jedi, o Lado Negro… são reais.

É brilhante, é pra encher os olhos. E nos olhos de Rey e Finn uma nova geração passa a conhecer aquilo que nós já conhecemos. É a sucateira que luta para sobreviver e um desertor que resolve se impor contra tudo aquilo que lhe oprimiu durante anos.  Enquanto Finn se torna um personagem querido, Rey se levanta como a grande protagonista que uma nova sociedade precisa ter em Star Wars.

Se há quase 40 anos atrás haviam apenas duas mulheres e um personagem negro nos três filmes, em 2015 representatividade não é um problema. Minha filha que ainda nem nasceu terá uma guerreira forte protagonizando a maior obra da cultura pop em todos os tempos. E não existem palavras para descrever o quanto isso é incrível e importante.

O Despertar da Força é a celebração do mito

Do outro lado, o Negro (ou Sombrio, não importa) pra ser mais exato, temos o surgimento de um novo vilão. Kylo Ren carrega consigo um ar de mistério, um personagem que sofre, que tem seus traumas e dramas. Sua adoração a Vader mostrada nos trailers também é importante para despertar nessa nova geração uma curiosidade em conhecer melhor que são essas lendas reverenciadas.

O Despertar da Força é o resgate da alma da Trilogia Clássica e em momento algum comete os mesmos erros de Lucas com seus novos filmes. Dos cenários reais a leveza da trama, é sem dúvidas um marco na cultura pop. Um filme que faz jus a toda espera e ansiedade. Um filme importante para nossa época, para os fãs, e claro, pra todo mundo.

É pra chorar, é pra rir, é pra nos lembrar do quanto Star Wars é importante. Pra lembrar que não é apenas um filme.

A Força está chamando por você.
Deixa-a despertar.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 28/03/2019

  • Luide

Queridos pais: levem seus filhos ao cinema para ver Vingadores: Ultimato

  • 28/03/2019

  • Luide

Como não assistir Us

  • 26/03/2019

  • Luide

E tá errado?