Não veja a série: se você tem saudade de Watchmen, é só tirar o gibi da prateleira e reler

É sério.

Luide
Luide
26 de julho de 2019

Sou uma pessoa simples, de gostos simples e sem muita afetação. Me contento com pouco. Mas em relação a séries sou bastante rigoroso. Acredito que dentro da cultura pop nada mais me faça ter tantos critérios avaliados antes de dar play. Não que eu seja um crítico gravatinha, longe disso. É simplesmente falta de tempo. Não da pra investir HORAS da minha vida em algo que no fim das contas nem é tão bom assim. E tem alguns anos venho aplicando essa máxima afim de evitar perder tempo com bobagens.

Antes eu ia com muita sede ao pote e depois ficava frustrado pensando em quais outras coisas poderia ter aplicado melhor meu tempo. Mas também é graças a esse refinamento que acabei descobrindo muita coias boa e pude aproveitar melhor o que assistir. Uma dessas séries é The Leftovers. Na primeira vez que vi, afobado, acabei não me interessando (até porque a primeira temporada não é uma obra prima com as outras duas). Mas depois lendo tantos comentários positivos sobre a segunda temporada, resolvi que era o momento certo de sentar e assistir.

E que série. Damon Lindelof produziu uma das melhores obras da última década. A segunda temporada é uma das melhores temporadas em série que já vi. Tudo, absolutamente tudo funciona. E o que me surpreende na obra de Lindelof é como o autor pouco se importa se o que ele está fazendo tem ou não algum impacto imediato na audiência. A terceira temporada deixa isso claro, principalmente a season finale, que meio que vai contra todas as regras (“mostrar ao invés de falar”) e entrega um do finais mais coesos e emocionantes que me lembro de ter assistido.

É por isso que Damon Lindelof assim como outros nomes como David SimonVince Gilligan, Sam Esmail etc, sempre terá minha total atenção. Se a série leva o seu nome, certamente irei assistir pois sei que é fora da curva. Quando soube que a adaptação de Watchmen estava nas mãos dele, pensei “estranhamente ele é a ÚNICA pessoa que poderia fazer isso“. Por que? Ele não tem medo. E já na primeira vez que veio a público falar sobre a série, disse que teria total liberdade em adaptá-la pra TV. Ufa, ótimo. Ao contrário de Zack Snyder que recriou quadro a quadro, aqui temos alguém se inspirando livremente em um clássico.

A cada novo trailer da pra sentir a mão de Lindelof. Da pra sentir que a expansão de Watchmen é inevitável e que os quadrinhos são apenas o ponto de ignição. Quem tem saudades dos gibis é só tirar da prateleira e reler, não vá dar play na série querendo massagem nostálgica. É Watchmen de Damon Lindelof, não do Alan Moore. Supere e seja feliz.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 01/04/2019

  • Luide

E tem gente que não vai assistir a Game Of Thrones…

  • 21/03/2019

  • Luide

O feio não tem conserto

  • 20/03/2019

  • Luide

Imaginação, forma + conteúdo