Não sei se estou preparado para ver Vikings sem Ragnar

Nosso Rei está cada vez mais exausto e preparado para receber a morte

Luide
Luide
4 de abril de 2016

A quarta temporada de Vikings está pavimentando um caminho que ainda não decidi se quero trilhar. Aos poucos, núcleos independentes de seu protagonista vão ganhando força e destaque, e mesmo que Ragnar ainda seja o elo entre todos (Paris, Wessex, Lagertha, Aslaug, Bjorn), está claro que esses 20 episódios na temporada irão servir para firmar esse novo ambiente.

Fazendo uma leitura dos poucos momentos que tivemos de Ragnar nessa primeira metade de temporada, da pra notar um Rei exausto, nem um pouco preocupado com a adoração que todos nutrem por ele, pronto para conhecer a morte mais de perto. E mesmo que ainda um pouco perdida, quando se trata de seu Rei, Vikings segue excelente.

De fato Ragnar é um dos grandes protagonistas dessa Terceira Era de Ouro da TV. Diferente de outros líderes que foram engolidos pelo próprio ego, Ragnar é um homem visionário que deseja se tornar imortal pelo legado. Levar seu povo onde ninguém ousou levar, criar raízes em outros lugares, se espalhar. Mas claro, tudo isso se enxergarmos pela ótica dos vikings, porque ninguém em Paris ou Wessex está disposto a sangrar por esse legado.

Ragnar se culpa pela morte de seu povo em Wessex e agora precisa lidar com a traição do irmão

Mas é interessante como nessa quarta temporada Ragnar está flertando com a morte. Sua noção de viver e morrer foi abalada quando ele teve contato com outras religiões e por isso Athelstan foi tão importante para a série. Afinal, o que significa morrer? É isso que vem se tornando cada vez mais importante para Ragnar, que já se vê no final de sua jornada.

Vikings então quer nos deixar preparados para esse mundo onde Ragnar resolveu se aposentar ou simplesmente alcançou o descanso eterno. Bjorn é o primeiro nome a substituí-lo e sua evolução como personagem está cada vez melhor. É determinado e forte como o pai, mas ainda precisa de muita sabedoria para conseguir metade do Ragnar conquistou.

E com outras tramas se desenrolando, Vikings pode usufruir de algo que Game Of Thrones, por exemplo, consegue: o desapego de elenco. Mas Ragnar Lodbrok é um personagem tão incrível que eu passaria 20 episódios ouvindo suas lamentações trágicas sobre a vida.

Não estou preparado para sua partida.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 15/04/2019

  • Luide

Game Of Thrones retorna para fazer o que nenhuma outra série conseguiu

  • 10/04/2019

  • Luide

E quando alguém que amamos vai embora?

  • 01/04/2019

  • Luide

E tem gente que não vai assistir a Game Of Thrones…