Em novo talk show na Netflix, David Letterman faz sua melhor entrevista com Jay-Z

Rapper fala da relação com os filhos, Beyonce, mãe e Kanye West.

Luide
Luide
18 de abril de 2018

Tem tanta coisa ruim nos destaques da Netflix que ultimamente minha primeira ação ao acessar o serviço é pular a aba “Em Alta“. Mas enquanto em séries e filmes da pra salvar 1 a cada 20 novidades, a Netflix consegue ter uma boa taxa de acertos quando se diz respeito a documentários, séries documentais e programas especiais. Um deles é o talk show de David Letterman, de longe uma das melhores coisas disponíveis por lá.

Destoando do restante das produções da NetflixMy Next Guest Needs No Introduction with David Letterman tem episódios mensais com um pouco mais de uma hora de duração e apesar do formato batido, Letterman consegue dar novos ares a um programa de entrevista simplesmente fazendo o básico: uma boa entrevista. Ultimamente talk show é sinônimo de quadros engraçadinhos com artistas na tentativa de viralizar na internet. Aquela bobagem bem típica pra tuiteiro fazer gif.

Mas David Letterman aposta no simples e faz o extraordinário. Seu quarto convidado é ninguém menos Shawn Corey Carter, o marido de Beyoncé Giselle Knowles-Carter. Senhoras e senhores, Jay-Z.

Aqui o rapper se mostra um homem maduro, ciente da fama e também daquilo que viveu para chegar até onde chegou. Jay-Z demonstra uma sensibilidade incrível ao falar sobre seus filhos e a relação com a mãe. Letterman sabe como poucos conduzir uma entrevista e faz com que o convidado se sinta a vontade o suficiente para falar sobre temas delicados. No caso de Jay-Z, sua relação com o tráfico de drogas e como sua brilhante carreira quase não teve início.

Letterman parece desenvolver uma relação íntima com seus convidados ao longo da entrevista. Ele não esconde sua admiração e respeito, o que torna a conversa a mais humana possível. Com Jay-Z a entrevista toca em um assunto que ainda é bastante tabu pra nós homens: a masculinidade tóxica. “Especialmente de onde eu vim, nós não somos criados com pistas emocionais de nossa infância. Nossas pistas emocionais são citações como ‘Seja um homem!’, ‘Levante-se!’ e ‘Não chore!’. Eu quero ter as ferramentas emocionais necessárias para manter a minha família unida” diz o cantor. O apresentador também aproveitou o momento para falar de um episódio semelhante que passou. É algo que não se espera de um programa de entrevista.

Além disso Jay-Z fala sobre a treta com Kanye West e claro, Donald Trump. A entrevista completa está disponível. Corra ver.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 26/10/2018

  • Luide

HBO Go no Brasil censura episódio de John Oliver sobre Jair Bolsonaro

  • 01/10/2018

  • Luide

Achou que não existiam motivos para ficar acordado após o almoço de domingo?

  • 04/09/2018

  • Luide

Marcelo Adnet e o arriscado humor político