E tá errado?

Zack Snyder quer que você pare de chorar.

Luide
Luide
26 de março de 2019

Às vezes um sorriso dentro de uma sala de cinema é tudo que você precisa para aliviar a tensão de um dia cheio. Passamos tanto tempo de nossas vidas nos preocupando com “coisas de adulto”, que não faz mal vez ou outra nos transportarmos direto a uma infância nostálgica, fingir que ainda somos crianças inocentes que acreditamos em super seres. Afinal é um filme e como todo filme ele acaba. Você precisa sair daquele universo mágico e voltar pra sua realidade. Pagar o estacionamento ou pedir um Uber (ou pegar a CPTM, que é o meu caso). A magia infelizmente acaba em poucos segundos.

Mas obviamente isso não é o suficiente. Nós queremos estender essa experiência e por isso insistimos em debates acalorados a respeito do que vimos. Passar longas horas em alguma rede social defendendo um filme da Marvel não é pra qualquer um. Como contei nesse vídeo, quando descobri que 99% dos seres vivos haviam odiado Batman V Superman, entrei em uma espiral de discussões sem fundamento e quase enlouqueci. Não enlouqueci, mas muito da minha falta de “hype” se deve a esse momento. Eu estava prestes a me tornar pai, mas estava na internet discutindo sobre a questão da “Martha“.

É um filme que gosto pra cacete e ter que provar isso pra alguém é estúpido. Mas que graça teria a humanidade sem a estupidez? Agora, se a minha vida se transformou em um verdadeiro inferno, imagina a do cara que dirigiu Batman V Superman… obviamente até hoje o Zack Snyder deve receber ameaças de morte.

“É pra matar todo mundo”.

O fã de gibi tem um apego enorme com aquilo que leu na infância e não podemos tirar sua razão. Os quadrinhos, assim como qualquer obra da cultura pop, nos ensinam valiosas lições, nos confortam ou simplesmente servem de um lugar seguro para um dia difícil. E com tanta devoção vem a idealização desses ícones que acabam perseguindo o tal do “fã” até seus últimos dias. Claro que quando vem alguém como Zack Snyder e busca um novo rumo para aquele personagem consagrado, o pessoal vai surtar. E surtaram mesmo.

Snyder já deve estar cansado de ter que explicar seu ponto de vista desde 2016 quando o filme estreou. Pra mim o cara foi corajoso e tentou fazer diferente, ai claro, vai de cada um gostar ou não disso (coragem não tem nada a ver com ser bom ou ruim). Durante um painel com alguns fãs, o diretor respondeu sobre esse negócio do “Batman não mata”, já que em seu filme, o Morcego é um psicopata desiludido com absolutamente tudo.

E bom, ele falou algumas Verdades Duras Demais Para Serem Lidas Rapidamente:

“Acorda, cara. Você precisa perder a virgindade que tem com esse filme e parar de de dizer, ‘Meu super-herói não faria isso.’ É um ponto de vista interessante, pensar que seus heróis ainda são inocentes, que seus heróis nunca cometeram atrocidades ou algo do tipo. É legal, mas assim você estará vivendo em um mundo de sonhos”.

Errado ele não está.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 11/02/2019

  • Luide

Um filme pra te trazer um pouco de paz

  • 07/02/2019

  • Luide

Quem quer viver pra sempre?

  • 23/01/2019

  • Luide

É óbvio que Pantera Negra deveria ganhar o Oscar