“Do criador de Mad Men”: quando uma frase basta para você prestar atenção em uma série

The Romanoffs: a nova série de Matthew Weiner.

Luide
Luide
30 de julho de 2018

Apesar de ter seu nome consagrado na AMC, foi na HBO que Matthew Weiner iniciou sua carreira como uma das mentes mais brilhantes da televisão. De roteirista até chegar ao cargo de produtor executivo com Sopranos, Weiner foi uma espécie de pupilo de David Chase que com Mad Men conseguiu trilhar seu próprio caminho sem precisar viver a sombra do mestre. Mais ou menos a história de Don Draper e Peggy Olson.

E com Mad Men foi um belíssimo caminho de sucesso…

As quatro primeiras temporadas levaram o Emmy de Melhor Drama e Mad Men se tornou um dos maiores vencedores do prêmio. Peça chave no que chamam de “Era de Ouro da Televisão“, a série é sem dúvida alguma uma das melhores produções pra TV em todos os tempos. Tudo graças ao excelente time de roteiristas, elenco e claro, a mente de seu criador, que perambulou por estúdios e produtoras com o piloto de Mad Men em sua pasta, até que a AMC, emissora que só exibia filmes antigos e resolveu surfar na onda de conteúdo original que a HBO tinha dado início na vira do século, abraçou a ideia.

O fim de Mad Men em 2015 marcou o fim dessa Era de Ouro, a era dos “Homens Difíceis”. Desde então ficamos ansiosos pela próxima série que estamparia os dizeres “do criador de Mad Men“. E essa série chegou: The Romanoffs.

A série é uma produção ambiciosa: funcionando no formato de antologia (onde cada episódio conta uma história diferente, tipo Black Mirror), The Romanoffs foi filmada em sete países diferentes e tem um elenco de estrelas com Christina Hendricks e John Slattery (ambos de Mad Men) e nomes como Isabelle Huppert, Aaron EckhartPaul Reiser. Coisas de Matthew Weiner, que na época de Mad Men, tinha um calendário da década de 60 onde cada acontecimento de cada dia daquela década era marcado para ser contextualizado na série.

The Romanoffs estreia dia 12 de outubro pela Amazon Prime Video e tem tudo para ser a grande produção de 2018. A trama se passa nos dias atuais e acompanha pessoas pelo mundo que acreditam ser descendentes da família real russa.

Não tem como não ficar empolgando com isso.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 16/08/2018

  • Luide

Quer ter sua série salva? Fale com a Netflix

  • 13/08/2018

  • Luide

A crueldade humana (e outras coisas) na série “Sou Um Assassino” da Netflix

  • 13/08/2018

  • Luide

A velha tática suja de Better Call Saul que a torna tão encantadora