X


Como um site de fake news ganha dinheiro? | Rebobinando S05E21

Joga no Google.

Por Luide
29 de maio de 2020

Uma versão brasileira do coletivo ciberativistas chamado Sleeping Giants fez sucesso no twitter ao cobrar marcas publicamente por anúncios em sites que propagam fake news. A ideia importada lá de fora fez com que diversos sites de extrema direita perdessem seu principal ganha pão: anúncios do Adsense.

Mas o que exatamente são esses anúncios? É um tema difícil e pra você entender de fato o quão complexa é a missão do Sleeping Giants Brasil, o Ian Black, publicitário, junto com o Felipe de Leon, especialista em mídia programática e de performance, vem exatamente o que acontece para que um anúncio seja exibido nesses sites.

Feche o Google e vem ouvir o Rebobinando.

DOWNLOAD: Como um site de fake news ganha dinheiro? (.MP3)

DOWNLOAD: Como um site de fake news ganha dinheiro? (.ZIP)

OUVIR NO SPOTIFYASSINAR ITUNES| ASSINAR FEED

Bancada

Luide Matos (@luide)
Ian Black (@ianblack)
Felipe De Leon

ALURA: cursos com R$100 de desconto

Se interessou por algum curso Alura? Acesse: www.alura.com.br/promocao/rebobinando e ganhe 100 reais de desconto na matrícula.

Assine o Rebobinando

COMO GANHAR R$ 10 EM CASHBACK NO PICPAY: baixe o aplicativo por esse link. Ou adicione o código “LUIDE”. Ao assinar qualquer plano, você recebe R$ 10 de cashback

O Rebobinando é mais um podcast de cultura pop publicado toda sexta feira e para isso seguir acontecendo, precisa do seu apoio. Procure por AMIGOS DO FÓRUM no PicPay e faça sua assinatura. Você terá acesso a uma newsletter, podcasts, sorteios e grupos no facebook e WhatsApp.

Não sabe como assinar? Clique aqui e veja esse tutorial! 

Continue a conversa!

Instagram: @luide
Twitter: @rebobinando | @luide
Facebook: /amigosdoforum

Críticas, sugestões ou simplesmente mandar um abraço: amigosdoforum@gmail.com ou nas redes sociais listadas acima.

Esse episódio foi editado e co-produzido pela Estalo Podcasts. Quer ter a qualidade do Rebobinando em seu podcast? Entre em contato pelo e-mail contato@estalo.rec.br

Créditos da imagem: https://br.freepik.com/pch-vector