Essa temporada de Better Call Saul se dedica a explorar lacunas de Breaking Bad

Better Call Saul Sabrosito (S03E04) review

Luide
Luide
4 de maio de 2017

O que essa temporada de Better Call Saul vem se propondo a fazer é preencher espaços que coube ao espectador imaginar em Breaking Bad. Não que isso seja necessário, porém, já que é pra correr o risco de mexer em solo sagrado, que faça com responsabilidade. E ainda bem que isso vem acontecendo nesse terceiro ano. São pequenas doses do mais absoluto “fan service” espalhadas pelos episódios, feitas com muito cuidado e valor.

Sabrosito (S03E04) começa revisitando um dos cenários clássicos de Breaking Bad, mesmo tendo ele aparecido em penas duas ocasiões. Foi em Hermanos (S04E08) que fomos apresentados a Don Eladio e sua piscina amaldiçoada, que em Sabrosito, é revista de baixo pra cima, revivendo na memória do espectador a cena onde, após ser envenenado por Gus em Salud (S04E10), Eladio boia e a câmera contempla a morte do chefão do cartel mexicano.

Breaking Bad S04E10:

Better Call Saul S03E04:

Como Vince Gilligan nunca contou além do necessário, a história cruzada de Gus, Hector e Eladio sempre ficou bastante clara, mostrando a relação de medo e tensão entre eles. A mágoa de Gus era forte o bastante para que ele cometesse um ato quase insano contra o cartel. Agora em Better Call Saul, somos apresentados a parte dessa história. Para se tornar o vilão que conhecemos muito bem, Gus Fring teve que construir não apenas um império legal em paralelo ao das drogas, mas também uma persona de empresário e um discurso calibrado. Tudo isso é mostrado em Sabrosito.

E se no início tivemos Mike e Gus em um jogo de gato e rato, a coisa começa a mudar. Gus já enxerga Mike como um provável aliado, e é Hector que vem se tornando o antagonista. Sabe as lacunas vazias de Breaking Bad? Uma dela é como o Tio foi parar naquela cadeira. Quer apostar que até o décimo episódio ficaremos sabendo?

E como de costume, Better Call Saul conduz duas narrativas ao mesmo tempo, e enquanto uma brilha e enche os olhos dos fãs de felicidade e nostalgia, a outra continua a construção do provável grande plot twist dessa temporada. O que JimmyKim estão tramando contra Chuck e Howard é a força que move a trama, e as questões sobre onde isso irá terminar começam a surgir. Será nessa temporada que descobriremos as razões de Jimmy McGill se tornar Saul Goodman? O que irá acontecer a Chuck, Kim e Howard? Onde Mike e Gus entram nessa história?

Better Call Saul constrói até aqui sua melhor temporada, e uma sequência inédita de excelentes episódios. Da gosto de assistir. Faltou apenas o apuro estético de Michael Slovis, o diretor de fotografia de Breaking Bad e responsável por dar aquele visual clássico. Não que a série esteja feia, Marshall Adams vem caprichando (aliás, ele foi o diretor de fotografia de Live Free Or Die, o primeiro episódio do quinto ano de BreBa).

Estamos testemunhando uma série que ficará presa pra sempre em Breaking Bad. Better Call Saul encontrou o caminho, agora é só aguardar o grande BOOM!

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 21/03/2019

  • Luide

O feio não tem conserto

  • 20/03/2019

  • Luide

Imaginação, forma + conteúdo

  • 06/03/2019

  • Luide

Você está pronto para ser um perdedor?