Até o criador de Black Mirror quer que você assista a The Wire

Charlie Brooker, a mente por trás de Black Mirror, também é fã incondicional de The Wire

Luide
Luide
29 de janeiro de 2016

Charlie Brooker, criador de Black Mirror

Antes de dar vida aquela que seria uma das maiores obras da história da TV, David Simon foi um jornalista meio frustrado que depois se dedicou a carreira como escritor. Nos anos que trabalhou no departamento de homicídios da cidade de Baltimore, EUA (uma das mais violentas do mundo), Simon viveu o verdadeiro dia a dia de um departamento de polícia, das investigações, da burocracia e principalmente, das ruas.

Ele vivia entocado dentro de carros de detetives, conferindo de perto como as coisas realmente funcionavam. Passava horas em esquinas só observando, um trabalhado nada glamouroso. David Simon aprendeu na unha como o tráfico pode contaminar uma sociedade, e como a guerra contra drogas nem de longe é tão simples de se resolver. Nada simplista como polícia contra bandido. Ali nascia seu livro Homicídio, mas o mais importante, seria vital para que com a ajuda do ex policial Ed Burns, anos mais tarde o mundo conhecesse The Wire.

Quer dizer, o mundo entre aspas. The Wire não foi nem de longe um sucesso de audiência e muito menos reconhecido em premiações, mas hoje, quase 10 anos após seu término, ainda é o mais fiel e surpreendente relato sobre crimes, tráfico, justiça e tudo que isso envolve. The Wire era um experimento social para mostrar ao espectador todos os fatores envolvidos e David Simon deu voz ao prefeito, ao sargento, ao professor, ao garoto de rua e a mãe que fica em casa enquanto o marido estava preso. Deu voz a todos.

Dizer que é fã de série, mas nunca assistiu a The Wire, é como ser dizer fã de cerveja e nunca ter acordado às 3 da tarde no sábado com ressaca. É currículo, tem que ver. E pra minha surpresa, descobri essa semana que Charlie Brooker, criador e roteirista de Black Mirror, a única série 5 estrelas que ainda temos na tv, é grande fã de The Wire e chegou a listar a maneira correta de você consumir.

É engraçado porque realmente não consigo imaginar Charlie Brooker tendo como série favorita outra além de The Wire. Se Black Mirror é um ensaio sobre o ser humano, The Wire também é. The Wire é a realidade nua e crua, sem fantasia ou momentos heroicos. Já Black Mirror se recusa a cobrar valor moral de seus espectadores, não existe lição final, ou “olha só, repense seus hábitos“. O espelho negro que Charlie Brooker nos convida pra olhar não é reflexivo, é frio.

Lá em 2007, quando The Wire se encaminhava para sua quinta e última temporada, Charlie Brooker gravou um especial para o The Guardian falando sobre a “melhor série dos últimos 20 anos“, segundo o próprio. Descobrir que o criador de Black Mirror tem esse apreço pela obra de David Simon só me faz ter ainda mais respeito pelo cara que deu vida a coisas como White Bear.

The Wire não é como 99% das séries de TV” alerta Charlie Brooker que manda “é preciso ter preparo“. De fato, é preciso. Qualquer fã de série de primeira viagem certamente não deve ter um contato inicial com The Wire sem antes assistir a outros dramas. Sempre recomendo uma passeio por Sopranos, Mad Men e Breaking Bad antes de comprar as passagens para Baltimore.

Brooker lista três passos fundamentais para assistir a The Wire, passos que concordo 100%:

– seja paciente
– concentração
– prepare-se para ficar alucinado

A paciência é extremamente importante, afinal, The Wire tem seu ritmo e por se portar como um verdadeiro documentário sobre Baltimore, a série abre mão de protagonistas e antagonistas, jamais colocando seus personagens como seres geniais ou intocáveis. O segundo é concentração, outro fator que você precisa levar muito a sério. The Wire é pra ser consumida sem conversinha em redes sociais ou com o amigo do lado.

E por fim, prepare-se para ficar alucinado a uma obra fantástica e sem igual na tv. É difícil após The Wire você cogitar que possa existir algo melhor. É uma obra prima, digo sem medo.

Agora é com você. Aproveita que o CARA DO BLACK MIRROR tá dizendo isso e vá ver The Wire.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 29/07/2019

  • Luide

“Aquele vídeo do Seiya tá bombando na internet”

  • 26/07/2019

  • Luide

Não veja a série: se você tem saudade de Watchmen, é só tirar o gibi da prateleira e reler

  • 16/07/2019

  • Luide

Um podcast que virou série, uma série que é muito boa