Além de latino você é imbecíl? Então assista isso aqui

Idiota.

Luide
Luide
29 de novembro de 2018

Quantos heróis nacionais você conhece? Certamente irá citar alguns nomes que indispensavelmente fazem parte da sua rotina, já questão em placas de ruas, avenidas, pontes, estradas e todos os livros da rasa história que conhecemos na escola. Mas fora isso, sabemos pouco sobre nós e muito sobre eles. E por eles me reviro aos EUA e Europa. Conhecemos seus reis, generais, políticos e artistas. De nós e de nossos vizinhos latinos? O mínimo pra achar que todos são comunistas safados. Ou ditadores.

Sempre me peguei pensando do porque o cinema (ou a tv) nacional não buscam inspiração na vastidão de histórias que nossos 500 anos proporcionou. Na máquina hollywoodiana qualquer americano que sobreviveu a um ataque de urso vira blockbuster. Aqui nem o nosso maior ídolo da F1 tem um filme ou série contando sua trajetória.

Beunas Ideias é um dos meus canais favoritos no Youtube justamente por mostrar uma história pouco sabida do Brasil. Eduardo Bueno e seu maravilhoso “Não Vai Cair No ENEM” tem esse apelo em mostrar que sim, nosso país tem histórias fantásticas que caberiam em uma série da Netflix. Tipo os Piratas de Santa Catarina. Mas quem quer saber disso quando se tem o Jack Sparrow?

Mas somos idiotas.

Em seu especial de comédia para a Netflix, o ator John Leguizamo chega com os dois pés no peito desse vira latismo latino, que aparentemente pulsa ainda mais forte no Brasil. América Latina para Imbecis traça uma narrativa de 3 mil anos e lança uma luz sobre a história da América não-branca, mostrando que sim, aqui foi palco de grandes histórias, grandes impérios e muitos heróis. Muitos mesmo.

Leguizamo é performático ao extremo e transforma sua aula em um espetáculo. Tudo começa e termina com seu filho e um trabalho escolar, cujo objetivo era encontrar e perfilar um herói. O ator é colombiano e mais um entre os milhões de imigrantes que transformaram os EUA nos que eles são. Um país onde os latinos já se remodelam a imagem que temos da “América”, mas que em pleno 2018 voltaram a se tornar foco de um racismo impulsionado por políticas anti-imigração.

Para ajudar o filho, o ator resolve se debruçar na história não contada da América Latina, passando pelos Maias, Astecas, Incas e chegando até esse povo que esteve ao lado dos americanos Em. Todas. As. Suas. Guerras. E mesmo assim são alvo de olhares desconfiados. O especial é uma mostra do quanto ainda somos colonizados e levamos isso com orgulho.

Claro, não existe problema algum gostar da cultura de outro país ou continente. O problema está em acharmos que o nosso país ou continente não tem cultura alguma.

Você ganha uma aula e também umas risadas. Assista se você também é um imbecil como eu.

Seja assinante e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 21/02/2018

  • Luide

Você tem até 15/03 para assistir esse 213 filmes e séries que deixam a Netflix

  • 19/02/2018

  • Luide

Galinha Pintadinha desbanca Rihanna e se torna a Rainha do Youtube

  • 28/01/2018

  • Luide

“Tem na Netflix?”: o brasileiro desaprendeu a baixar filmes e séries