Você também vai se ofender com esse trailer de “Cara Gente Branca”?

Adaptação da Netflix do filme de 2014 ganha trailer completo

Luide
Luide
13 de abril de 2017

Uma das frentes da Netflix é a representatividade, e basta navegar pelas mídias da empresa e ver como ela se orgulha das cores, gêneros e tamanhos de seus personagens. Sense8 e Orange Is The New Black são dois bons exemplos disso, mas entender o porque da representatividade, é entender a própria Netflix. Sua batalha não é para apenas se tornar uma gigante do streaming com influência em dois ou três países, mas sua visão é global. Tem muito dinheiro investido nisso, que dão frutos não apenas a séries americanas, mas a brasileiras, animes japoneses e filmes de Bollywood.

Esse é o mapa de onde a Netflix atua:

O mundo só não está todo vermelho por culpa de China, Crimeia, Coreia do Norte e Síria

O mundo é isso, um monte de gente diferente convivendo. Então qual seria o motivo de uma empresa com esse tamanho e alcance ter apenas personagens homens, brancos e heteros protagonizando seus títulos? Nenhuma racional, pelo menos. Mas claro que as coisas não são tão simples, e Dear White People começou causando desconforto e em muita gente por… sabe-se lá o motivo.

O teaser de Dear White People tem mais de 400 mil dislikes

Baseado no filme de 2014 de mesmo nome, Dear White People conta a história de estudantes negros em uma faculdade onde a maioria dos estudantes são brancos. Durante uma festa de Halloween, vários brancos aparecem fantasiados de “black face” e isso é o estopim para uma revolta. A série da Netflix vai recontar o filme em 10 episódios.

“Ser chamado de “preto” e vitimista por estranhos no Twitter não era tão frequente até o momento, mas francamente, esse é o tipo de coisa que uma vez já é o bastante”

Comenta Justin Simien, diretor do filme de 2014 e também da série, em um texto no Medium, depois que a tag #NoNetflix e #BoycottNetflix surgiram no twitterJustin ainda completa dizendo que comentários no youtube o estavam “matando de dentro pra fora“. É inacreditável esse levante contra filmes e séries que ainda não foram assistidos. É totalmente o reverso de tudo que a cultura pop tenta ensinar.

De qualquer forma, Dear White People chega a Netflix dia 24 de abril, e vamos contar nos dedos quantos vão realmente cumprir a promessa de cancelar a assinatura. Detalhe: é a mesma galera que vai dizer que “o mundo está muito chato” e “tudo é mimimi agora“.

Posts Relacionados
  • 10/05/2017

  • Luide

Um episódio sobre irmãos e inveja em Better Call Saul

  • 07/05/2017

  • Luide

Segunda temporada de 13 Reasons Why pode falar sobre massacre em escola

  • 05/05/2017

  • Luide

Porque The Handmaid’s Tale pode ser a série mais incômoda de 2017