A porcaria dos Porgs tem uma explicação em Os Últimos Jedi

Disney, fique longe do meu dinheiro!

Luide
Luide
20 de dezembro de 2017

Tudo bem. A gente sabe que Star Wars é sobre vender bonecos.

Espera, você ainda duvida? Da uma olhada nesse gráfico da % do faturamento da franquia:

Voltando ao raciocínio… A gente sabe que Star Wars é sobre vender bonecos. Mas no caso dos Porgs a Disney parecia ter perdido a vergonha na cara: “olha esse bicho que fofo. Compre. Compre vários“. Só que não foi tão sem-vergonhice assim, no fim das contas, a criação dos Porgs foi para resolver um problema da produção.

Jake Lunt Davies, designer de criaturas em Os Últimos Jedi, revelou que no local escolhido por Rian Johnson para filmar as cenas de Ahch-To, a ilha refúgio de Luke, existiam muitos papagaios-do-mar, e os animais simplesmente estavam por todos os lugares. Assim, ficaria difícil para a pós-produção remover cada um deles.

Papagaio-do-mar. Ave existe em abundância na ilha Skellig Michael, Irlanda, onde foram gravadas as cenas com Luke.

Pra facilitar a vida da equipe da pós, e fazer a Disney ganhar mais uma graninha, a solução foi criar os Porgs:

“Nós não podíamos remover eles. Era fisicamente impossível nos livrar deles [papagaios]. E remover digitalmente seria um problema e daria muito trabalho, então vamos seguir em frente e tentar brincar com isso. E aí que eu pensei ” vamos criar nossa própria fauna indígena na ilha” e, nessa época nós já estávamos trabalhando no design das Cuidadoras com o Rian, então ele [Rian] nos falou para nos inspirarmos nos papagaios-do-mar e os pássaros se tornaram a maior influência na criação dos Porgs e de toda a fauna dessa ilha pra ser bem honesto.”

Minha raiva está um pouco menor agora.

Seja doador e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 10/10/2017

  • Luide

Jogo Perigoso: a violência imposta através do silêncio

  • 09/10/2017

  • Luide

Blade Runner 2049 e o poder de uma lembrança

  • 04/10/2017

  • Luide

Lindo, provocador e histórico. Estamos falando de Blade Runner 2049