Cabra Simulator, o jogo de uma vida, ganha o primeiro trailer oficial

Você ainda não tá acreditando que o jogo é de verdade?

27 de março de 2014

Cara, é preciso aplaudir a internet: nós vencemos! Não, não estou falando do Marco Civil e essas coisas sem importância, estou falando de CABRA SIMULATOR, o jogo de uma vida.

Depois do sucesso da brincadeira, a Steam resolveu apostar e lançar um o game para PC.
Ele ganhou seu primeiro trailer oficial e de cara já chega parodiando o aclamado trailer de Dead Island. Sem palavras pra isso.

Clique aqui e compre o Cabra Simulator.

As 11 coisas que o Capitão América precisa ler/ouvir/assistir

Nirvana, Steve Jobs e Star Wars

27 de março de 2014

No começo do mês, eu estive presente em um evento da Marvel onde exibiram os 10min iniciais de Capitão América – O Soldado Invernal. Bem, vou deixar pra falar o que achei não só desses 10min, mas também do filme todo na semana que vem em uma resenha. O que quero comentar aqui é um pequeno, é, digamos… easter egg?

Logo no começo do filme, o Capitas aparece segurando um caderninho com coisas que ele precisa estudar/assistir. Como todos sabem, nos cinemas o Capitão ficou congelado lá na época da segunda Guerra Mundial e despertou no século XXI. Acontece que o salto tecnológico e cultural nos últimos 60 anos foi gigantesco e claro, o pobre Capitas ficou perdido. No primeiro Vingadores em vários momentos eles fazem piadinhas com o fato dele ser um completo Jacú.

No seu segundo filme solo, ele tem uma tarefá árdua: salvar o mundo e se adaptar a ele. Então nada mais justo que fazer uma lista das principais coisas a se aprender:

Na lista estão:

O sitcom “I Love Lucy” de 1951,
O pouso do homem na lua,
A construção e queda do Muro de Berlin,
O Steve Jobs,
A disco music?
Um pouco de comida tailandesa,
As obras Star Wars/Trek (Star Wars ele já viu),
Os meninos do Nirvana,
O filme Rocky e quem sabe Rocky II,
E por fim, ouvir a música Troubleman.

Bela lista. Faltou a maior invenção da humanidade nos últimos 30 anos: a internet.
E você? O que você indicaria pro Capitão América ler/ver/ouvir? Deixe nos comentários!

Via Nerd Pai

Leonardo, Michelangelo, Donatello e Rafael no trailer de As Tartarugas Ninjas

Ah, também tem a Megan Fox

27 de março de 2014

Michael BOOM Bay é o produtor do reboot das Teenage Mutant Ninja Turtles nos cinemas. O filme chega ao Brasil dia 14 de agosto. Além das Tartarugas com um pouqin de CGI e a Megan Fox, o elenco conta com Alan Ritchson, Noel Fisher, Danny Woodburn, Jeremy Howard e Pete Ploszek.

Nhááá, eu gostei do visual das Tartarugas. E você?
Achei que não ficaria bacana na base dos efeitos, mas pqp, tá bem foda.

Ah, o filme já tem uma fanpage oficial com material em português =)

Filmes que se tornaram séries: a grande onda de 2014?

Em 2014 três clássicos do cinema ganham versões para a tv

26 de março de 2014

Quando o cinema usa e abusa de remakes e adaptações bizarras pra lucrar ainda mais, a gente fica com aquela sensação de “acabou a criatividade“. Por exemplo, recentemente foi anunciado o re-remake de Scarface, que dessa vez será dirigido pelo chileno Pablo Larraín. O cinema tá buscando nos arquivos o que refilmar.

E quando esse tipo de coisa acontece com as séries? Só esse ano, três filmes consagrados terão suas histórias contadas em capítulos: Um Drink No Inferno, O Bebê de Rosemary e Fargo. O que esperar dessas adaptações pra tv? Bem, vamos falar um pouco delas.

Fargo: da pra contar a mesma história sem o humor negro dos Irmãos Coen?

O filme de 1996 concorreu ao Oscar de Melhor Filme e é considerado por muitos a obra prima dos irmãos Joel e
Ethan Coen. O humor negro e a maneira bem peculiar de contar uma história faz dos filmes desses irmãos algo fora dos padrões hollywoodianos. E ai, como contar na TV uma história que já foi muito bem contata no cinema?

Fargo estreia em abril nos EUA e é uma produção do canal FX. Martin Freeman, nosso querido Bilbo, é quem está no papel do marido que decide forjar o sequestro da própria mulher para conseguir uma grana do sogro rico, porém, isso desencadeia uma sequência de eventos e muita merda acontece. Ai que está, Fargo não tem uma história genial, é algo bem simples PORÉM, a maneira dos Coen contarem é que faz do filme foda. Se vão conseguir  isso nos 10 episódios da temporada… Bem, é outro assunto.

O Bebê de Rosemary vai dar medo mesmo sem aparecer novamente?

O suspense de 1968 do diretor Roman Polanski é um clássico do gênero. Por mais de 2 horas acompanhamos nesse thriller psicológico a história de uma mãe que mora em um prédio cercado por pessoas estranhas. O filme consegue te deixar tenso do começo ao fim, um terror único que hoje em dia infelizmente não vemos mais.

Em 2014 O Bebê de Rosemary será transformado em uma mini série de 4 episódios, com 1 hora de duração cada, pela NBC. A atriz Zoë Saldana será Rosemary, a mãe mais simplória que já existiu na Terra. PQP, em certos momentos eu queria entrar na tv e dar uns tapas pra ela acordar. A mini série ainda não tem data de lançamento, só esse teaser que diz “em breve”:

Um Drink No NetFlix

Eis um filme que eu ADORO: Drink No Inferno. O filme começa de um jeito e termina de uma maneira tão surreal que da vontade rever na sequência. Mas também, com Tarantino no roteiro e o maluco do Robert Rodriguez na direção nada muito normal sairia… o filme é de 1996 e esse ano uma produção da NetFlix e Miramax vai contar a história em 10 episódios.

O NetFlix tá com moral ultimamente, acompanho três de suas séries originais (House Of Cards, Oranges Is The New Black e Lilyhammer) e gosto de todas. Por enquanto apenas o piloto de Drink está disponível, mas outros 9 episódios vem ai. A série também conta com a direção de Rodriguez e tem boas chances de se firmar. Como nada pode superar a sua primeira experiência assistindo ao filme, é torcer pro diretor não ser preguiçoso e criar um bom arco nessa primeira temporada.

3 séries baseadas em 3 filmes que eu adoro. Claro que minha torcida é sempre que pra algo surja disso tudo, mas sempre fica aquela pulga atrás da orelha. Vai que a moda pega? Já tô imaginando uma série de O Senhor dos Anéis produzida pela HBO

Espera, não da ideia caralho.

6 vilões das hqs que você nem lembrava mais que passaram pelo cinema

Porque nem todo mundo consegue ser um Coringa né

25 de março de 2014

Heróis precisam de motivações para dar porrada nos seus filmes, então nada melhor que colocar um grande vilão, marcante e amedrontador pra lutar contra ele né? Não.

Vai achando que todo filme de herói precisa ter um vilão fodão inesquecível… Tá pensando que se encontra um Heath Ledger em cada esquina? Ou um Tom Hiddleston? Claro que não.

Vou listar seis deles aqui que você nem lembrava mais…

Você lembra desse cidadão? Tempo…

Poxa cara, é o Blackheart do filme Motoqueiro Fantasma de 2007. Nem faz tanto tempo, vai.
Foi um papel tão inesquecível do ator Wes Bentley que eu esqueci assim que a pipoca acabou.

Você lembra desse elfo? Tempo…

Esse faz menos de um ano… esse você sabe!
Porra, é o Malekith do Thor 2. Um vilão tão incrível que a Natalie Portman frustrou o plano dele destruir a porra toda.

Você lembra desse empresário? Tempo…

Esse é Julian McMahon no incrível e inesquecível papel de Dr. Doom em Quarteto Fantástico.
Como esquecer esse rosto depois de um filme tão marcante? Mas você esqueceu.

Você lembra desse senhor? Tempo…

Ah mano… é o grande Jeff Bridges no papel de Monge de Ferro, um grandioso vilão do primeiro Homem De Ferro. Marcou mais que a Copa do Mundo de 94.

Você lembra desse jovem galã? Tempo…

Porra! É o Eddie Brock em Homem Aranha 3, aquele filmaço.
O Venom mais convincente da história. Tão foda que ninguém se lembra.

Você lembra dessa tempestade? Tempo…

Ai você tá brincando com a minha cara…
É o Galactus cara! Um dos maiores vilões dos quadrinhos fazendo uma participação inesquecível em… é… espera.
Lembrei: Quarteto Fantástico e o Prateado. Marcou mais que meu primeiro beijo.

Faltou algum?
Claro, comente pfv.

A arte conceitual de The Last of Us: Left Behind prova que o fim do mundo é belo

Como é belo o mundo dominado por zumbis

25 de março de 2014

Demorei pra zerar The Last Of Us porque precisava parar a cada novo cenário pra admirar a paisagem. O jogo além de foda é belíssimo, uma obra prima.

O DLCLeft Behind” lançado esse ano continuou com essa mania que The Last Of Us tem em ser lindo. Essas imagens são do artista John Sweeney, responsável pelas artes conceituais do jogo. Apenas admire o fim do mundo…





Topo ^