Christopher Nolan e “Insterstellar”: onde foi que ele errou/acertou?

Será que os erros de Insterstellar são egoísmos do diretor?

12 de novembro de 2014

Não adianta. Goste você ou não do diretor Christopher Nolan, é fato que todos os seus filmes geram debates e mais debates na internet. Se a intenção dele é tirar o espectador da zona de conforto, e partir para uma análise mais profunda, ele acertou em cheio. Porém, é sempre muito arriscado abusar de mistérios e grandes plots.

Bom, já fiz aqui a minha resenha e postei as impressões do astrofísico Neil deGrasse Tyson. Chegou a vez, óbvio, do VLOG DO FÓRUM:

>>> INSCREVA-SE NO CANAL DO AMIGOS DO FÓRUM

Dr. Estranho: 5 posters de fãs já colocam Benedict Cumberbatch como o Mago

Fãs... tem como não amar?

12 de novembro de 2014

Já está mais do que confirmado: novembro de 2016, o Mago Supremo da Marvel chega aos cinemas para o seu primeiro filme solo. E para viver o personagem, já é dado como certo a escolha de Benedict Cumberbatch.

E como fã que é fã nunca perte tempo, os caras já foram lá e criaram umas artes bem maneiras do ator devidamente vestido com Dr. Estranho.

Bom, agora se o Benedict Cumberbatch não for confirmado de verdade como Dr. Estranho, a Marvel estará fazendo um desfavor a comunidade de fãs dedicados.

E tenho dito.

Astrofísico Neil deGrasse Tyson fala sobre “INTERSTELLAR”

O ponto de vista de um cientista sobre o filme

10 de novembro de 2014

Neil deGrasse Tyson é um memes dos astrofísicos mais conhecido da moçada jovem. Responsável por apresentar a nova temporada de “Cosmos“, também é um crítico de ficção científica. Ou pelo menos tem sido um desde 2013 quando falou sobre os erros e acertos de “Gravidade”, filme vencedor de 9 Oscars. Dessa vez, Tyson analisou o novo filme de Nolan, “Interstellar“, em uma série de tuites.

Antes de mais nada, Neil deGrasse Tyson deixa claro que seu ponto de vista sobre filmes é sempre voltado ao lado científico. Então Nolansetes, não surtem.

1.Todos os personagens principais, incluindo McConaughey, Hathaway, Chastain e Caine são cientistas ou engenheiros

2. Tem um robô chamado KIPP. Um dos produtores executivos, um físico, se chama Kip. Só to dizendo…

3. E no universo real (nosso universo), o tempo entre fortes campos gravitacionais diminui mensuravelmente.
Ou seja, os satélites como estão mais longe do centro da Terra do que nós, tem uma diferença de maior tempo dos nossos relógios e eles já são lançados corrigidos pra não ter essa diferença de tempo

No planeta coberto por água, 1 hora equivale a 7 anos na Terra

4. A Teoria da Relatividade de Einstein, é mostrada de uma maneira como qualquer outro filme não conseguiu mostrar

5. Relativitidade. Gravidade. Quantica. Electrodinamica. Evolução. Todas essas teorias são verdades, você acreditando ou não

A concepção artística do buraco negro irá render a Kip Thorne novos trabalhos científicos

6. Eu tive um problema com a palavra ”Tidal”. Pelo que eu vi é um termo físico similar a ”ondas muito fortes”. Pelo contexto dá pra entender que, no filme, traduziram perfeitamente o que seria a órbita de um buraco negro

7. No espaço você entra num portal 3D. Sim, você pode cair em qualquer direção. Sim, é um buraco de minhoca (portal)

8. Eles reprisaram o acoplamento de rotação usado em “2001″ mas o deles gira 100x mais rápido

A esquerda, a Estação Espacial V de “2001: Uma Odisseia No Espaço”, a direita, Endurance de “Interstellar”

9. Em outro planeta, em torno de outra estrela, em outra parte da galaxia, dois caras sairam no soco

10. Se você não entendeu a parte física, tente ler “The Science of Interstellar” do Kip Thorne, leitura super recomendável

11. Se você não entendeu o plot, não tenho nada pra te recomendar

12. Eles exploram um planeta que fica próximo a um buraco negro. Pessoalmente, eu ficaria o mais longe que eu pudesse de um buraco negro

Beba bastante líquido, pratique exercícios e fique longe de Buracos Negros

>>> RESENHA: “Interstellar: por que Christopher Nolan não me deixou pensar?”

Naruto e One Piece: homenagens e o respeito entre ambas as obras

Naruto S2 Luffy

10 de novembro de 2014

Uma coisa meio babaca no meio da cultura pop, são fãs que tratam obras como futebol: você torce por um, e odeia os outros. Tipo DC vs Marvel, FIFA vs PES, XBOX vs Playstation e por aí vai. No meio dos mangás, sempre tem a moçada que vive discutindo quem é mais fodão por ler X coisa. Enfim, uma baita bobagem, e as últimas edições de Naruto e One Piece mostram isso.

Como vocês sabem, Naruto chegou ao fim após uma jornada de 15 anos, repleta de momentos inesquecíveis, que ficarão eternizados em nossos corações otakus. E para homenagear a obra de Masashi Kishimoto, a edição de 766 de One Piece, dedicou uma capa em forma de agradecimento, cheio de easter eggs:

Além dos símbolos de Konoha e do Clã Uzumaki, vemos o próprio Naruto aos fundos. As escritas em japonês formam a frase “Naruto, bom trabalho, depois de trabalhar tanto tempo”. Bacana, não? One Piece que está em publicação desde 1997, é, ao lado de Naruto, um dos gigantes dessa geração de mangás no Japão. E pra finalizar, na última página da edição 700 de Naruto, Kishimoto foi lá e deixou uma homenagem a One Piece, com o símbolo do mangá pichado na cara do Hokage Naruto, feito pelo seu filho Bolt:

O Hokage Naruto e o símbolo de One Piece

É amigos, belíssimas homenagens e um modo gentil de mostrar a união entre duas belíssimas obras. Vida longa a Naruto! Vida longa a One Piece!

>> Naruto 15 anos: vai o ninja, fica o legado

Orphan Black e a missão impossível de Tatiana Maslany (que virou possível)

Tatiana Maslany interpreta SETE personagens em uma mesma série. Sim, isso mesmo

6 de novembro de 2014

Antes de Orphan Black ser realizada, os produtores precisam encontrar uma atriz que fizesse algo quase impossível: dar vida há sete personagens diferentes, todos dentro de uma mesma série. Ao final das audições, restaram Ellen Page e a não muito conhecida Tatiana Maslany. E agora, após terminar a primeira temporada, posso dizer com toda certeza do mundo que foi a melhor escolha possível.

Se em Breaking Bad, Bryan Cranston reina e Kevin Spacey domina House Of Cards, em Orphan Black, Tatiana Maslany faz o impossível se tornar possível. Todas as personagens são incrivelmente bem executadas, com sotaques, jeitos, e personalidades peculiares.

De começo, Orphan Black parece querer nos apresentar um roteiro muito simples e batido: ao chegar em uma plataforma, a garota Sarah Manning se depara com uma mulher idêntica a ela. Essa mulher é Beth, uma policial, que acaba se suicidando na frente de Sarah. Sarah, que está cheia de problemas, resolve assumir temporariamente a identidade de Beth. Pronto, eis o que parecia ser algo simples desencadeia uma série de acontecimentos que até o final da temporada, ainda tem muito a revelar.

Orphan Black consegue dosar de uma maneira excelente as revelações do enredo. Você não fica entendiado em nenhum dos 10 episódios da primeira temporada. A mistura de suspense com um leve toque de ficção científica, agrada a fãs de ambos os gêneros. Bom, chega de papo, vamos ao VLOG DO FÓRUM especial Orphan Black!

No Brasil, Orphan Black é exibido no Canal A&E.
Acesse a fanpage e veja mais informações de horários =D

O terceiro e último ato de O Hobbit no trailer final de “A Batalha dos Cinco Exércitos”

Três anos passaram voando

6 de novembro de 2014

SDDS

Parece que foi ontem que eu quase enlouqueci por estar preso no trânsito, 20 min. antes da primeira sessão de “O Hobbit – Uma Jornada Inesperada” começar. Fiquei impaciente, nervoso e tenso com medo de perder o filme. Mas, feliz da vida, cheguei a tempo e pude conferir o primeiro de três atos, dessa jornada de Bilbo Bolseiro. Era importante pra mim, afinal, na época de “O Senhor dos Anéis” eu ainda morava no interior, e o cinema mais próximo ficava a 250kms.

Agora, no trailer final de “O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos“, bateu AQUELE sentimento de: acabou =(
Mas fico feliz em ter acompanhado essa jornada de perto. Segura o coração e vamos lá!

Topo ^