Mark Hamill admite estar errado sobre Luke em Os Últimos Jedi

Ator ainda falou sobre a zona de conforto que o fã de Star Wars se colocou.

Luide
Luide
22 de dezembro de 2017

“Talvez ele seja Jake Skywalker. Ele não é o meu Luke Skywalker, mas eu tive que fazer o que Rian queria que eu fizesse porque a história pedia isso” foi a declaração de Mark Hamill durante uma entrevista, e que acabou caindo como uma luva para sustentar as opiniões sobre o quanto Os Últimos Jedi é o filme mais estranho e diferente de Star Wars. Até mesmo o ator que cresceu com a Saga, e foi o centro dela (até hoje) se sentiu incomodado com algumas mudanças. Porém… ele voltou atrás assim que assistiu ao filme.

“Eu tive dificuldades para aceitar o que ele viu para Luke, mas também preciso dizer que, depois de ver o filme, eu estava errado.”

Disse o ator em entrevista ao IMDb. Mas o trecho mais importante dessa entrevista é esse: “Acho que ser forçado para fora da zona de conforto é uma coisa boa“. Mark Hamill sintetiza toda a legião de fãs incomodados com os rumos da Saga, e principalmente, aqueles que chegaram ao ponto de criar uma petição exigindo que Os Últimos Jedi seja retirado do cânone.

Quando escrevi pela primeira vez sobre o filme, falei sobre como ele era algo totalmente inesperado. E como tudo que sai do básico e ruma para novos caminhos, corre o risco de ser alvo de opiniões extremas. Quem gostou, amou, e quem não gostou, odiou. Mas o que eles têm em comum? Ambos não conseguem esquecer o filme. Nesse aspecto Rian Johnson foi cirúrgico. Fez com que o fã, acostumado com determinadas regras e situações em Star Wars, fosse arremessado para algo totalmente inesperado.

E sabe quem também fez isso, mas foi totalmente criticado? George Lucas. Mas isso é assunto pra outra hora.

Mark Hamill completa dizendo: “se eu fosse apenas outro Jedi benevolente, treinando jovens Padawans… Nós já vimos isso, e ninguém pode fazer melhor do que Alec Guinness e eu não deveria nem tentar“. Perfeito. Ao invés de tentar emular um trabalho já feito (como J.J. Abrams), Johnson fez algo seu, mirando ainda no futuro, em uma nova história, em futuros fãs de Star Wars. E funcionou para grande parte da audiência.

Os Últimos Jedi pode ser um ótimo filme ou uma terrível experiência, vai depender de quem assiste. Mas certamente é um filme inesquecível.

Seja doador e ajude o Amigos do Fórum a seguir crescendo!
Posts Relacionados
  • 21/09/2017

  • Luide

O maravilhoso trailer de Isle Of Dogs, o novo filme de Wes Anderson

  • 20/09/2017

  • Luide

O curta-metragem que ajudou Zack Snyder no momento mais difícil de sua vida

  • 15/09/2017

  • Luide

Como a infância de Clark, Bruce e Diana refletiu nas personalidades dos heróis