Black Mirror: saiba o que aconteceu com a mulher torturada em “White Bear”

Charlie Brooker, criador de Black Mirror, falou sobre dar sequência a algumas histórias já contadas, e White Bear foi um dos exemplos citados.

Luide
Luide
1 de agosto de 2017

Funcionando como antologia, Black Mirror sempre foi livre para explorar os mais diversos temas possíveis em seus 13 episódios lançados até agora, algo que permitiu ao criador Charlie Brooker falar sobre controle de massas, vícios, luto, entretenimento, nostalgia, punição e por aí vai, buscando algo inédito. Mas Brooker sempre gostou de brincar com um possível “universo compartilhado” de Black Mirror, e espalhou ao longo da série pequenos easter eggs, que de alguma maneira ou de outra, os conectam em uma única linha temporal.

Durante o podcast Remote Controlled da Variety, Charlie Brooker falou sobre como a série pode revisitar episódios antigos para dar sequência na história, e citou como exemplo White Bear, cujo o final é bastante chocante.

“Tivemos algumas ideias de sequência, que é algo que não exploramos completamente. Eu não seria avesso a isso. Temos algumas ideias em mente e estamos pensando como poderíamos fazê-las e quando seria o momento ideal para isso”

Mas você sabia que White Bear já ganhou uma “sequência” escondida? Vamos lá relembrar:

Em White Bear (S02E02), uma mulher chamada Victoria Skillane é condenada por participação no sequestro e assassinato de uma criança.

Ela se torna a principal atração do White Bear Justice Park, onde sofre tortura psicológica todos os dias como forma de punição.

Mas sua história não termina aí. Ao longo da terceira temporada, Brooker nos da pistas sobre o que teria acontecido além daquilo que foi contado em White Bear.

Em Playtest (S03E02) o símbolo do White Bear é visto no videogame.

A tecnologia usada pelo governo para apagar a memória de Victoria  surgiu dai.

A oficial Blue foi quem cuidou do caso (Ian Rannoch era o namorado de Victoria)

No episódio Hated in the Nation (S03E06) descobrimos que quem cuidou do caso foi Blue, uma das detetives que vem para investigar um caso de assassinato. Ian e Victoria eram assassinos em série.

Pessoas no twitter pedem a libertação de Victoria.

Nesse mesmo episódio, quando um dos oficiais está no twitter monitorando uma hashtag, é possível perceber que a opinião pública a respeito da condenação de Victoria não é uma unanimidade. Muitas pessoas estão barbarizadas pelo o que está acontecendo. Com isso, fica claro que White Bear não se passa em um futuro tão distópico assim, já que em Hated in the Nation a sociedade ainda é bastante parecida com a nossa, exceto pela extinção das abelhas.

A defesa tenta libertar Victoria, mas falha.

Isso acontece no final de Hated in the Nation, o último episódio lançado.

MAS…

Voltemos agora a White Christmas, que dentro da linha do tempo de Black Mirror, é o episódio mais avançado no futuro. Lá temos mais uma pista do que aconteceu com Victoria:

“Recurso de Victoria Skillane negado”: 10 anos depois dos acontecimentos de Hated in the Nation, Victoria segue sendo torturada diariamente.

É isso.
Certeza que você planeja ver mais um episódio dessa mulher sofrendo?

Posts Relacionados
  • 03/08/2017

  • Luide

Um monstro chamado Elisabeth Moss

  • 31/07/2017

  • Luide

Precisamos aceitar que Cersei Lannister é a grande força em Game Of Thrones

  • 31/07/2017

  • Luide

Próximo episódio de Game Of Thrones: 73 pessoas pegando fogo, 100 cavalos e 500 figurantes