Ragnar Lodbrok, o visionário líder em “Vikings”

ALL HAIL THE KING!

1 de abril de 2015

Vikings” é uma série que tem seu tempo e seus momentos. Às vezes você está no meio de uma batalha épica com sangue, machados voando e cabeças rolando. Depois, no meio de uma verdadeira lição sobre a cultura dos escandinavos. Porém, a série ainda tem lá seus espectadores que não conseguem entender o rolê e acabam taxando como “parada”.

Se você realmente acha isso de “Vikings“, posso afirmar que está vendo a série errada. A prova que os roteiristas estão pouco se importado com episódios 100% alucinantes foi esse retorno de terceira temporada, onde o Rei Ragnar pouco pode desfrutar de seu reinado e já partiu rumo ao que interessa: expandir.

Essa ideia fixa na cabeça faz de Ragnar um protagonista único, afinal, são poucos aqueles que estão interessados mais nos benefícios a longo prazo de suas ações do que no próprio ego. É mais ou menos como o pensamento de Tywin Lannister na quarta temporada de Game Of Thrones, onde ao lado do corpo do neto mais velho, já explica pro neto mais novo como funciona um reinado. O que está em jogo é algo muito maior que eu ou você.

Vikings: reis caem, legados permanecem

A construção desse Rei Ragnar foi magnífica, e nesse retorno de terceira temporada é possível perceber realmente que a coroa não lhe cai como uma conquista planejada. Ele fala sobre o peso do poder e de como isso é prejudicial. Ao ser indagado pelo seu irmão Rollo a respeito de felicidade, ele responde “isso nunca foi sobre minha felicidade“. Simples e perfeito, um belo resumo do que é esse tal Rei Ragnar.

Vikings” retorna e mais uma vez mostra que tem muito a contar e explorar. Os caminhos de Ragnar estão cada vez mais difíceis e ele busca algo maior. Muito maior. Tão maior que talvez nem mesmo seus filhos irão usufruir, afinal, estamos falando de um visionário.

Criador da Netflix quer unir todas as tribos e unificar catálogo a nível mundial

Reese Hastings, criador e CEO do Netflix, quer um catálogo único para o serviço

31 de março de 2015

Eu assino o Netflix a sei lá, há uns 3 anos por aí. Lembro que na época o catálogo era fraco que só… filmes antigos, poucas opções de séries (tinha Breaking Bad então estava ok), nenhuma série original e poucas adições. Mas as coisas mudaram, o serviço se popularizou de vez e hoje em dia precisamos ser justos: tá bem legal.

Só que se você for um espertinho safado e usar extensões como o Hola, que simulam ips de outras países, você pode acessar o catálogo dos EUA, por exemplo, e ver que lá é outro nível. Tem muito, mas muito mais opções, com séries chegando mais cedo e filmes recém saídos de cartaz. E isso obviamente é meio que injusto, né? Até no Netflix a gente tem que ser terceiro mundo?

Não da pra negar que o catálogo do Netflix BR melhorou bem nos últimos anos…

Bom, não é o que o CRIADOR deseja. Reese Hastings esteve na Austrália para o lançamento do serviço por lá, e aproveitou para falar sobre um catálogo universal: “A solução básica é que o Netflix se torne global e faça com que seu conteúdo seja o mesmo ao redor do mundo, de forma que não haja incentivo para o uso de VPN. Assim podemos trabalhar na parte mais importante, que é a pirataria“.

Porém, como diz o ditado “querer não é poder”, e o Neflix enfrenta diversas barreiras pra que isso se torne realidade. Estúdios de Hollywood, redes de tv, ninguém tá afim de ver seus produtos sendo consumidos a um preço justo e em todo mundo. Acontece que todos nós sabemos do histórico de revolução que o Netflix vem encabeçando e não duvido que isso logo se torne algo real.

A chave da pirataria é que uma fração dos usuários não consegue ter um certo conteúdo, isso nós conseguimos arrumar. A parte mais difícil é arrumar quem recorre à pirataria por não ter como pagar” – Resse Hastings

Eu não poderia concordar mais com essa frase. Ele tem TODA a razão. Obviamente sempre irão existir aqueles que consomem pirataria porque querem, é tipo o sujeito que quer levar vantagem o tempo todo só pelo prazer. Mas uma grande fatia desse público quer apenas consumir o conteúdo da maneira que ele acha melhor, quando ele quiser e sem ser assaltado por isso.

Hoje mesmo tivemos a notícia que o novo anime dos Cavaleiros do Zodíaco será transmitido via streaming no mundo todo de maneira gratuita. A revolução começou e ninguém pode parar esse trem. É bacana ver que grandes CEO pensam assim e não se prendem em formatos quadrados. O mundo ficou menor e está na hora de alguém unir todas as tribos =)

“Cavaleiros do Zodíaco: Alma Dourada” terá exibição GRATUITA via STREAMING no Brasil

FUCK YEAH INTERNET!

31 de março de 2015

Ah os novos tempos… até mesmo o Santuário se rendeu a eles. Pela primeira vez os Cavaleiros de Atena não irão depender de contratos e redes de tvs para desembarcarem aqui no Brasil de forma legal. “Cavaleiros do Zodíaco: Alma Dourada” terá exibição mundial via streaming, totalmente gratuito, e com legendas em PT-BR!

FUCK YEAH!

Quem conta a novidade é o fan site CavZodíaco. A partir do dia 11 de abril, um sábado sim e outro não, o serviço de streaming Daisuki irá exibir os episódios do inédito “Alma Dourada“.

O anime que comemora os 30 anos da série clássica e dos 40 de trabalho do mestre Masami Kurumada irá se passar após os acontecimentos da Saga de Hades, e nossos queridos e eternos Cavaleiros de Ouro irão retornar a vida lá em Asgard, com Aiolia de Leão como o grande protagonista.

O serviço de streaming é do grupo que pertence a Bandai/Namco, e através de um simples cadastro, você poderá acompanhar a nova saga totalmente na legalidade e sem custo algum. Ah, o serviço ainda possuiu apps para Android e iOS, ou seja: NOVA ERA DE CONSUMO DE CONTEÚDO, BABY!

Agora, mais do que nunca, é a vez dos fãs de Cavaleiros do Zodíaco dizerem não a pirataria e mostrarem sua força. Com um grande volume de BRs HUE online, quem garante que novos animes/filmes não cheguem aqui pra gente? O Amigos do Fórum apoia e incentiva o consumo legal de conteúdo, PRINCIPALMENTE quando ele é oferecido de uma forma justa (aqui mais do que justo porque é de graça, rs).

Mais novidades…

O site oficial de “Cavaleiros do Zodíaco: Alma Dourada” também ganhou uma versão em português com vários detalhes sobre os personagens e a trama. O primeiro episódio já tem título: ”Reviva, Lenda Dourada!” e ganhou um pequeno resumo:

No submundo, no ápice da batalha contra Hades, os 12 Cavaleiros do Zodíaco destroem o Muro das Lamentações sacrificando suas vidas a fim de conquistar um grande avanço para Seiya e sua turma! Porém, os supostamente aniquilados Aiolia e os Cavaleiros do Zodíaco ressurgem na bela superfície de um mundo resplandecente. Como puderam eles renascer? Por trás desse grande mistério, novos encontros e batalhas surgem diante de Aiolia. E quando seu Cosmo atinge o extremo, ocorre uma mutação na armadura do Leão!

Mistérios… o que ou quem ressuscitou os Cavaleiros? Qual o novo inimigo?
Bom, dia 11 de abril, o mundo todo irá acompanhar “Cavaleiros do Zodíaco: Alma Dourada“.

 

“Mad Max: Estrada de Fúria” é um trailer melhor que o outro

Sabe a expressão "NOOOOSSA"? Aqui não se aplica

31 de março de 2015

Desde o primeiro teaser exibido em julho do ano passado na San Diego Comic Con, “Mad Max” vem deixando os fãs tão doidos a ponto de muitos já estarem batendo o martelo a respeito do melhor filme de 2015 (em um ano que tem Vingadores e Star Wars). Tudo porque existe (como quase tudo) aquela forte ligação emocional com os clássicos dos anos 80, e saber que o criador do rolê George Miller está envolvido, da uma certa confiança.

Junto isso ao fato de que TODOS os trailers de “Mad Max” até aqui serem um espetáculo e pronto, DUVIDO se não tem um único ser humano com a expectativa lá na pqp.

Eu não sei como um trailer pode ser melhor que isso.
O filme chega aos cinemas BR BR HUE dia 14 de maio.

É legal ver um bom trailer. Algo que realmente te empolgue e passe o espírito do filme. A montagem, a música, o ritmo… você não respira e fica vidrado o tempo todo. Pronto, estou convencido: um ingresso por favor.

[e pqp, tem uma guitarra lança chamas]

Season finale de The Walking Dead: quando a pirataria passa a ser a última opção

FOX mandou bem ao exibir season finale em (praticamente) tempo real

30 de março de 2015

Lá em 2010 um amigo chegou até mim com um pen drive contendo um arquivo chamado “the_walking_dead_s01e01“. Assisti, fiquei cagando de medo daqueles zumbis e até hoje não parei de assistir a série. Naquele ano eu ainda morava no interior e na minha casa nem televisão eu tinha. Pois bem, passado ai mais de quatro anos, não me lembro da última vez que tive que recorrer ao Torrent pra assistir as aventuras de Rick e sua turma.

Exibido pela FOX, The Walking Dead é a série mais assistida na tv a cabo brasileira. O canal aprendeu com sua audiência (e concorrência com a internet) a adiantar o máximo possível da exibição da série. Algo que ontem chegou a inédita exibição em tempo real da season finale da quinta temporada.

A coisa funciona assim: todo domingo sai episódio inédito de The Walking Dead. Não da uma hora e ele já está disponível em milhares de sites de torrents em todos os formatos e qualidades. Menos de 24 horas depois tá com legenda PT-BR. Tudo de graça. O que uma emissora teria que fazer pra evitar essa concorrência? Tirando do ar os sites? Processando quem legenda? Não, isso nunca será solução.

A FOX exibia novos episódios na terça a noite, o que da ai uma diferença de 48hrs. Algumas pessoas mais pacientes esperavam pra ver a série na tv, sem precisar correr atrás dos downloads. Mas isso não foi o suficiente…. ano passado, após o final da mid-season, todo mundo que resolveu esperar a exibição no Brasil tomou spoiler na cara dura. Hashtags com o nome de personagem morto ficou no topo dos Trending Topics do twitter durante horas, ou seja, mesmo com todos os filtros possíveis, entrar na internet naquela segunda feira era sinônimo de spoiler.

O twitter não perdoa: #RipBeth

A FOX correu e nesse retorno de quinta temporada, passou a exibir nas segundas feira. O que é realmente ótimo, afinal, o tempo que você iria esperar pela legenda, poderia esperar pra ver no sofá da tua casa, de boa, após um longo dia de trampo. Todo mundo sai ganhando. Porém pra fechar mesmo um ano de mudanças na exibição de The Walking Dead (e pra evitar outra enxurrada de spoilers como foi na mid-season), a FOX resolveu exibir praticamente em tempo real o episódio 16 da quinta temporada.

Foi a primeira vez que os fãs de The Walking Dead passaram pela experiência dos fãs de Game Of Thrones, onde pra qualquer lugar da internet, lá estavam seus amigos comentando o último episódio. E como você sabe, conversar sobre sua série favorita é uma das melhores coisas da brincadeira. Foi divertido ver reações, ler opiniões, tudo em tempo real. Eles lá nos EUA, a gente aqui.

Esse gostinho de ser primeiro mundo foi bom, e espero mesmo que uma boa audiência abra os olhos de todos os canais daqui. Comprar essa briga e fazer a gente se desapegar um pouco da locadora torrent. Porque por mais que brasileiro seja safado, se tratar a gente com carinho, nós ficamos do lado de vocês =)

E a clássica imagem do Yamcha morto virou um action figure…

HAHAHAHAHAHAHAHA!

30 de março de 2015

Tem coisas que só a internet consegue fazer por fazer. Por exemplo, foi graças a ela que essa imagem do Yamcha morto em um buraco, após se explodir com um Saibaman, acabou virando meme:

Muito bem, a imagem ficou tão famosa que a BANDAI resolveu lançar um action figure do querido Yamcha nessa posição. Sim, é isso mesmo: vão lançar um action figure do Yamcha. Morto.

O produto vai custar cerca de 30 obamas e será vendido a partir de agosto. Olha pra isso e diz se não era tudo o que você precisava:

Deus, eu preciso disso urgente. PQP!

Zumbis em Los Angeles: “Fear the Walking Dead” ganha teaser

É o mundo podre de The Walking Dead se expandindo

30 de março de 2015

Possivelmente você já se perguntou como estariam outras partes do mundo caso uma infestação zumbi acontecesse. Durante 5 anos de The Walking Dead, da pra dizer que essa curiosidade está mais forte do que nunca, afinal, Rick e sua turminha não saem desse meio de mato que é o estado da Georgia.

Pensando em mostrar outros locais afetados pelo apocalipse zumbi, a AMC chega em agosto com “Fear the Walking Dead“, o primeiro spin-off da série, mas dessa vez mostrando os acontecimentos em Los Angeles, dando um aspecto mais urbano pra série. O que na minha opinião é mais do que necessário. Afinal, como ficariam as grandes cidades? Gangues de rua tomariam o poder? E a polícia? Enfim.

Nesse domingo (29/03) foi ao ar a season finale de The Waking Dead, encerrando as atividades da quinta temporada. E pela primeira vez, nós brasileiros tivemos a oportunidade de acompanhar o episódio final junto com os ameircanos. YEAH! E aproveitando o clima de despedida de temporada, a AMC liberou o primeiro teaser de “Fear the Walking Dead“:

Duas notícias, uma boa e outra ruim:

- “Fear the Walking Dead” chega ao BR pelo canal AMC Brasil
- porém chega apenas dublado e sem opção de áudio original

A AMC está mesmo apostando em spin-off de suas séries bem sucedidas. Depois de “Breaking Bad” é a vez de “The Walking Dead“. Quem é a próxima? “Mad Men“? Não duvido…

Topo ^